Doce lembrança


Pedi que segurasse minha mão e me levasse para longe de tudo e todos, que me deixasse ser a plateia do seu sorriso, e que pudesse aplaudi sua vida de pé, que pudesse me guiar pelos seus passos para não me perder pela neblina das noites frias e vazia.
Tudo o que eu pedi foi só mais uma tarde ao seu lado, mais um aperto de mão ou simplesmente um oi, e tudo o que ganhei foi um bilhete num guardanapo dizendo um adeus de caneta azul onde as letras estavam falhadas, e eu ainda guardo esse papel comigo ele ainda tem toda tristeza que me deu naquela madrugada fria banhada com martini, mas ao mesmo tempo quando olho para ele consigo sentir teu cheiro, ver teus olhos e imaginar nossos dias juntos, eu sei que não deveria ficar me torturando com o passado, mas é a única coisa que me deixa bem é saber que teve dias que eu passei ao seu lado e que algum dia eu fui o motivo dos sorrisos mais lindos do mundo, e saber disso me deixa mal pois foi em um dia em alguns dias que já passaram e não iram voltar, não iram mais existe e saber que em todos os novos amanhecer eu irei morrer pois não irei lhe ter em meus braços, mas vivo na lembrança e na esperança que algum dia você posso estar de volta ao meu lado ou que simplesmente me de um oi ao passar na rua.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...