Num olhar

E você faz tanta falta aqui do meu lado nesse fim de noite tanto quando o mar faz para a areia, as árvores tanto quando para as florestas, faz tanta falta que dói, e tudo o que eu queria era poder ir atrás, mas mesmo que eu pudesse eu não iria pois já é tarde e mesmo que não fosse eu nunca fui e talvez tenha sido por isso que demorou tanto para em fim estarmos juntos.
Eu nunca me importei em ir ate você e lutar pelo o que eu sinto não por não lhe querer eu sim por ter um certo medo de quebrar a cara e ate mesmo de ter um pouco de vergonha eu sei que nunca transpareceu mas perto de ti me bate uma vergonha uma que é bem fofa um que nem é vergonha é o meu jeito de ser aquele que só sou quando você me tem.
Mesmo eu não indo atrás de ti toda noite eu pedia mesmo que sem perceber que você voltasse e ficava boba por só imaginar que um dia isso podia acontecer e todo dia que eu via você me olhada eu pulava de alegria mesmo sem saber se me olhava por gostar ou por repudiar, mas eu sempre soube que um dia, um dia você ia olhar pra mim e eu ia olhar pra ti e nesse olhar íamos perceber quanto tempo tínhamos perdido.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...