passando


Andando por ai eu vi toda minha vida passar, eu vi meus amigos de infância atravessar o parquinho, senti o cheiro do cigarro inalado nas jaquetas dos meus colegas de colégio.
Eu vi gente se afogar num mar de bira e vi gente voar sobre todo os gnomas brancos, vi gente dançar, pular, gritar e depois negar, mas com aquele vomito todo era impossível não sacar.
Cresci e continuei ver gente se afundar, conheci gente indecente e aprendi a morrer a cada segundo, a cada inalada de ar ‘puro’.
Fui curtindo meus sons maneiros e quando tudo esta pra explodir, me afogava sozinha em grandes tuneis escondidos por papeis.
Eu fui fugindo, e foi fugindo que eu encontrei o caminho pra me afogar de uma vez só, mas se afogar é dolorido é lento é trágico é fracassar sem conseguir ajuda.
Tentando se esconder, acabei achando o paraíso.
Gabriely Simas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...