27/04/2011

Procurava uma maneira em que acreditassem no sorriso em que trazia todos os dias em meu rosto, com o

tempo percebi que nunca importo o sorriso em meu rosto.

Assim passei a sorrir em situações agradáveis

para meus lábios, e a cada dia mostrar o que estava sentido em cada momento em que respirava.

O tempo parecia passar mais de vagar a cada dia, fazendo com que a vida se tornasse monótona fazendo que animação de continuar viva acabasse.

Aos pouco descobri que pouco marquei a vida de quem tinha certeza que era o ponto de paz, hoje


chego a dizer que nem se lembra de mim, apenas serei um lembrança sem nome e rosto.

Afastei me de todos, na verdade da maioria tive medo de fugir de todos nunca tive a intenção de viver num mundo só meu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...