Que garota

Qual a garota que quando pequena não usava as roupas da mãe, lambuzava a cara com aquele batom vermelho que a mãe nem usava, calsava as sandálias mais altas e ficava desfilando pela casa, e imitada a mãe brigando o cachorro como se ele fosse à filha.

Qual a menina que nunca quis aquela “Barbie princesa”, que queria pintar as unhas, que achava os garotos bobos por ficarem batendo cards, brincando de carrinho.

Qual a garota que gostava de um idiota e popular da sua sala, e ficava falando um monte dele para o seu melhor amigo que sempre esteve do seu lado, e que você nem percebia o quanto ele gostava de você.

Qual a garota que fala que não gosta, mas dele e passava todo o tempo olhando para ele esperando algo fantástico acontecer, e quando ia dormi ficava pensando será que ele pensa em mim?
Como seria o seu abraço e seu beijo.

Qual a garota que fico esperando o menino fazer algo e ninguém fez nada, qual a garota que não teve vontade de volta e beija o tal menino, mas não fez nada, qual garota que não fico com raiva de não ter feito na hora o que queria.

Que fico esperando ver o garoto de volta para lhe dar um abraço bem forte um beijo e falar tudo oque sente, mas teve medo do que ele ia falar, do que os outros iam pensar, do que seus pais pensariam, mas agora percebe que não vale apena chorar por um babaca que não sabe nem seu nome direito.



To: Thais Regina Henschel

4 comentários:

  1. Uau mto lindo, emocionante, envolvente... Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Liiindo...
    Eu já brinquei de carrinho tá!
    hehehe

    ResponderExcluir
  3. Obriiigaada Sara | Eh eu tbm briincavaBriigada gui

    ResponderExcluir
  4. noooooooooosa..
    gabi parabens...
    concerteza todas nos ja passamos por isso....
    qdo eu li me emocionei mto...
    parabens.....

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...