verso 2

Minha boca...
Ela e sua como eu sou, e minha alma o acompanha por td sua tragetoria..
ate q me abandonas terem horram em podelo ve, sentir e amar.
mas qnd me dexares terem honra em fazelo morrree do msm jeito q me
fez sofre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...